Tem dias que as sensações são tão confusas.
Não se sabe o que pensa, não se sabe o que quer, só se sabe que nada sabe.
Como se quisesse tudo ao mesmo tempo.
Vive na ansiedade de querer chegar logo. Logo em algum lugar..
Mas onde? Quando? Como?
Não se sabe.. Já falei, não se sabe... Talvez a falta de motivação e a falta de interesse estejam andando juntas com os desejos.
Não se deve permitir tais confusões. Fácil pra falar né, mas difícil praticar.
Talvez por se aprisionar das próprias permissões, acaba se adquirindo o medo.
Medo de cair, medo de sair fora do trilho.
Como se uma guia firme estivesse presa ao pescoço, fazendo-se cair em todas armadilhas.
Medo e segurança.
Frio e calor.
Sol e lua.
Céu e mar.
Água e fogo.
Desejo e paixão.
Fantasia e realidade.

Ahh quanta contradição. quanta loucura...
Mas no fundo, é por amor...


Comentários

Postagens mais visitadas