Quando algo sufoca, palavras ficam engasgadas, o peito apertando forte...
É momento de escrever..
Escrever porque não há com quem falar..
Não tem ninguém? Como assim?
Tem sim.. mas as vezes são coisas que somente um compreende.. Você..
Pois hoje o mundo está tão exigente, perfeccionista, que basta uma palavrinha errada, um rostinho fora do padrão, uma gordurinha a mais no dedinho do pé que, pronto... Tsunami de críticas... 
Hoje não pode-se mais ter sua própria opinião, seu gosto, seus passos desengonçados..
Talvez pela  total insegurança das pessoas, há a necessidade de se elevar os defeitos de outros para que sua estima seja melhor.
Acredito por isso, que as pessoas estão vivendo em seus mundos tecnológicos, falando com rede social, pois assim se não quer receber críticas, se seleciona a visualização, oculta-se o que não quer ver, curte ou não curte e aí deixa pra lá..
E na solidão de cada vontade, inicia-se o aprisionamento de idéias, de ser quem realmente se quer....
E o mundo fica cada vez mais solitário, a comunicação cada vez mais rara, o relacionamento cada vez mais em baixa...
Que triste

Comentários

Postagens mais visitadas