Herança

Tenho pensado ultimamente, sobre o que temos que deixar para os filhos..
Mas aí penso: deixar? Por que deixar?
Deixar seria eu construir algo concreto, partir e deixá-los usufruir, sem poder acompanhá-los, sem ensiná-los o verdadeiro valor.
Penso então em ser somente. Acho que seria a melhor herança que poderíamos deixar.
Ser o bem, ser o exemplo, ser alguém que eles admirem. Que queiram nos copiar. Fazer igual e até aperfeiçoar.
Ser alguém que saiba transformar a turbulência em serenidade, que saiba ter paciência, que saiba respeitar a individualidade de cada um, que não imponha medo, que arrisca e tenta o novo.
Que se tenha diálogo, que tenha sorrisos, que se deixe voar, estando sempre ao redor para orientar. Que se faça aprender e sonhar.
Não há nada mais gostoso de vê-los repetindo as coisas boas que você faz. Esse reconhecimento faz com que tenhamos mais vontade de continuar fazer o bom e o bem. Não há do que se arrepender.
E é assim que vamos construindo valores, construindo bens.
Vivenciando junto deles, toda herança. E tenho certeza, que essa é a melhor.
Que herança você está construindo para seu filho?


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas