Sempre chega um dia que sentimos medo do futuro,
cansaço do presente e saudades do passado.
O futuro é incerto quando o presente não agrada.
E o passado nos pega quando sentimos vontade de estar no aconchego e na proteção do amor dos pais.
A falta de coragem pra chutar o balde,
gritar pelo que se quer,
querer que se cumpra o que se idealizou.
Mas a mania de pensar mil vezes antes de realizar algo, impede que o presente seja bom.
Impede de se pensar o futuro, onde muitas vezes não temos animo nem coragem pra nada.
Tristeza vem, lagrimas inundam.
E assim continuamos...
Até onde?
Não sei.


Comentários

Postagens mais visitadas